Posts Tagged ‘avenida’

SÊLÁ

novembro 15, 2008
Créditos não encontrados.

Créditos não encontrados.

Ela é uma avenida,
que arrasta,
que rasga,
que desatina.

Ela é uma loira,
não arrasta quarteirão,
não cabe num refrão,
mas brinca de forca.

Ela é um corpo,
que tem barriguinha,
que tem covinha,
e não cabe num copo.

Ela é uma cidade,
com praia,
com praça,
com saudade.

Ela é um país,
com contradições,
com religiões,
com raiz.

Ela é um peixe,
que flutua,
que muda,
que tem sede.

Ela é um mar,
que bate,
que esfalfe,
que não existe sem o a.

Ela é vento,
que perturba,
que bagunça,
intenso.

Anúncios